And it’s good for me and it’s good to me

06jul08

Assisti High Fidelity pela cazilionésima vez hoje. Todas as vezes eu terminava o filme morrendo de vontade de ouvir Nirvana, Stones, Dylan, Velvet Underground, Kinks… até Tracy Chapman (sei lá… Marie DeSalle me lembra Tracy Chapman). Pela primeira vez eu terminei o filme com vontade de ouvir… Marvin Gaye. E eis que achei Ben Harper fazendo cover de Marvin Gaye. Ah, Motown…

Título: Sexual healing, Marvin Gaye



No Responses Yet to “And it’s good for me and it’s good to me”

  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: